• HotelCare

Futuro Presente

Por Ronaldo Albertino - Jul 20

Fiquei muito feliz com a matéria do Estadão (https://bit.ly/3dU9gzO) do dia 3 de julho de 2020, na qual menciona que a Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa) buscou a opinião do professor Ian Yeoman, que leciona turismo na Victoria University, da Nova Zelândia, para entender a tendência de consumo do viajante. O conhecido “futurista” do setor, que já escreveu vários livros sobre o tema, disse num webinar que “o novo consumidor dos pacotes de viagens será mais ligado à família e aos amigos, menos frívolo e gastador e com uma percepção mais atenta ao comprometimento das empresas com a responsabilidade social e a empatia de suas lideranças e funcionários”.



Nós da HotelCare, lideramos um grupo fantástico de voluntários, no desenvolvimento do Programa de Rentabilidade Social, primeiramente porque acreditamos que é responsabilidade de todos nós, fazermos aquilo que está ao nosso alcance e de nossas possibilidades, para contribuir com o nosso entorno, principalmente para aquelas crianças, futuro presente da nossa sociedade, que precisam de referência e exemplos a serem seguidos. Sob o nosso ponto de vista - e falo aqui em nome dos valiosíssimos voluntários - tudo começa na educação.


Ao adotarmos a escola pública mais próximas dos hotéis que a nossa empresa opera, usamos como base do programa a regularidade do apoio, nada sazonal, mas perene.


São ações “simples” quando observadas de longe, mas que têm fundamental importância no dia a dia de alunos, pais/responsáveis e professores, bem como dos voluntários. A métrica e princípio de que nada e ninguém faz nada sozinho é a base do programa.


Hoje vamos falar do primeiro pilar do programa que denominamos de físico.


Ao diagnosticar as necessidades físicas das escolas em infraestrutura tais como hidráulica, elétrica, alvenaria, pintura, louças sanitárias, cozinhas, etc, poderemos mapear profissionalmente as necessidades das instalações. Uma vez detectadas e suportadas com laudos técnicos, tais necessidades, montaremos um cronograma físico financeiro.


A segunda etapa é aplicar uma pesquisa interna na escola, com pais e responsáveis, para saber quais profissionais poderemos contar dentro da própria escola, para convidá-los a conhecer o planejamento e opinar no projeto para, dai sim, buscar recursos no mercado para a compra de materiais. A mão de obra, se houver adesão dos pais, será da própria comunidade. A execução se dará com a liderança técnica dos voluntários do Programa de Rentabilidade Social, em conjunto com os pais.


Nos dias de mutirão, com apoio dos funcionários voluntários dos hotéis que operamos, convidaremos as esposas e filhos dos voluntários para participar como apoiadores em tarefas como alimentação, suporte de limpeza e motivacional. Aplicaremos aulas de culinária criativa para que as mães aprendam pratos elaborados com ingredientes do dia a dia, mas que tenham um toque elaborado de apresentação e cuidados na manipulação dos alimentos, testando na prática com os trabalhadores do mutirão. Além disso os filhos dos voluntários terão aulas motivacionais, sobretudo nos temas de superação de dificuldades, organização pessoal, higiene, etc.

Os segundo e terceiro pilares do programa são o Humano e Super Humano.


No pilar Humano, daremos preferência na contratação dos pais, ou mesmo alunos, oriundos da escola escolhida. Faremos aulas - via vídeo - apresentadas em sala de aula de diversos temas, entre eles organização social e política brasileira, indústria do turismo e sua importância (setor ao qual a hotelaria está inserida), noções de saúde e higiene, depoimentos de vários profissionais, em vídeo, contando sua história, suas dificuldades, seus sucessos e, principalmente, suas dicas sobre a profissão que exercem. Abriremos a possibilidade para os nossos clientes, que se hospedam em nossos hotéis, para fazer esse depoimento e depois mandaremos o vídeo ao cliente do dia da apresentação. Chamaremos voluntários para falar sobre profissões que ainda não existem, entre outras matérias adequadas àquela escola.


O terceiro e fascinante pilar, é o da Psicologia Positiva, tema sob medida para motivar e estimular as crianças para o futuro presente. Aprender a observar exemplos e atitudes importantes para toda a vida, olhando o presente como semente para o futuro. Aprenderemos como pessoas influenciaram gerações, cultivando seus sonhos e tornando-os realidade, aqui e agora. A capacidade que todos temos de fazer melhor, bem feito e em linha com a qualidade de vida que, todos nós, merecemos: plena e feliz!


Falar dos voluntários? Missão prazerosa e difícil, mas que ficará para o próximo artigo, afinal o futuro é presente porque já estamos lá, vendo as ações sendo feitas e a satisfação de todos na participação.


Quem mais ganha é quem oferece.

0 visualização

© 2020 by HotelCare

  • LinkedIn ícone social